Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Autoestima: Parte 2

por Peças de Família, em 02.10.14

 
A forma como gerimos as expetativas que vamos criando em relação aos nossos filhos em muito influencia o seu comportamento, mas principalmente a sua autoestima.

É importante que os Pais mantenham expetativas realistas e adequadas em função da criança, mas para isso é importante que a conheça muito bem. Por exemplo: se o seu filho é, geralmente, uma criança irrequieta não espere que ele permaneça sentado durante toda a refeição quando vão almoçar fora, ou, se tem uma filha com medo da água, porque espera que ela aprenda a nadar?

As expetativas espelham o que os outros esperam de nós e se refletirmos um pouco sobre o quão mal nos sentimos quando achamos que não correspondemos ao esperado, seja no contexto pessoal ou profissional, facilmente teremos uma curta amostra do que a criança experiencia quando sente que não está à altura daquilo que os pais, as pessoas mais importantes do mundo para si, esperam dela, alimentando-se assim uma baixa autoestima.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.







Pesquisar

  Pesquisar no Blog